|
eua1-1

 Das centenas de manchetes internacionais da semana que passou, o Observatório Internacional escolheu as relativas às eleições estadunidenses, aos novos capítulos da “investidura” do governo espanhol, à controvérsia islamofóbica e machista do burkini na França, ao encaminhamento do Brexit, ao provável fracasso do TTIP, à política anti-imigrantes do governo húngaro, à ofensiva da Turquia sobre os curdos da Síria, à colonização israelense na Palestina, ao conflito no Iêmen, ao cessar-fogo entre o governo filipino e as milícias comunistas, à mobilização das estudantes negras em Pretória, à mais uma jornada de protestos no Zimbábue, à luta pelos direitos humanos e laborais no México, ao acordo definitivo entre as guerrilhas das FARC e o estado colombiano, ao assassinato de um vice-ministro na Bolívia por mineiros, à capitulação do congresso peruano ao exército ianque, à condenação histórica de agentes repressores na Argentina e aos negócios de Nicolás Maduro com mineradoras transnacionais.

 

     Convém recordar que os links não representam exatamente a opinião do Observatório, vindo a configurar elementos para uma análise totalizante da luta de classes internacional.

 

     Desejamos a todos uma excelente leitura!

 

     Charles Rosa

     Observatório Internacional – Fundação Lauro Campos

 

ESTADOS UNIDOS

 

Antes das eleições, WikiLeaks pode revelar documentos que comprometam Hillary Clinton

 

Em entrevista para o canal FoxNews, o ativista cibernético Julian Assange afirmou que o site investigativo WikiLeaks está analisando milhares de páginas de documentos que implicam diretamente a candidata democrata à Casa Branca, Hillary Clinton. Refugiado desde junho de 2012 na embaixada do Equador em Londres, o jornalista australiano declarou na entrevista que acha justo que os eleitores estadunidenses estejam plenamente informados sobre os concorrentes à presidência do país e, por isso, está disposto a trazer à luz as páginas investigadas antes de 8 de novembro, data em que ocorre o escrutínio eleitoral.

 

Em junho, o WikiLeaks divulgou áudios hackeados do Comitê Democrata, cujo impacto provocou a demissão do presidente do comitê Debbie Schultz.

 

LINK: http://www.foxnews.com/politics/2016/08/25/assange-vows-clinton-email-release-as-storm-clouds-gather-for-candidate.html

 

Pela primeira vez, Hillary ultrapassa os 50% nas pesquisas de intenção de voto

 

Sondagem executada pela Universidade de Quinnipiac revelou, primeira vez, uma maioria absoluta do eleitorado estadunidense inclinado a votar em Hillary Clinton. Segundo tal pesquisa, o apoio da democrata chega a 60% entre as mulheres e 77% entre as chamadas “minorias étnicas”.

 

Na média das principais pesquisas (cálculo formulado pelo instituto Real Clear Politics), a ex-secretária de Estado conta com 47,7% das intenções de voto contra 41,7% do seu oponente democrata.

 

LINKS: https://www.washingtonpost.com/news/the-fix/wp/2016/08/25/a-new-poll-showing-hillary-clinton-up-10-gives-insight-into-why-donald-trumps-campaign-is-faltering/

 

http://www.realclearpolitics.com/articles/2016/08/26/voter_focus_group_clinton_will_win_131627.html

 

Ex-líder do UKIP (direita nacionalista britânica) faz campanha com Trump no Mississipi

 

O expoente da extrema-direita britânica Nigel Farage entrou em “campo” nos Estados Unidos para defender seu homólogo republicano, Donald Trump. Em comício para 15 mil pessoas, Farage não só apareceu ao lado do bilionário como conclamou que os militantes republicanos se unam em torno da candidatura de Trump para que a “segunda independência da América seja proclamada no 8 de novembro”.

 

Numa situação delicada nas pesquisas, Trump vem se apegando ao exemplo dos Brexiters, que surpreenderam todas as previsões e venceram o referendo em junho que decretou a saída do Reino Unido da União Europeia.

 

LINKS:

http://www.nytimes.com/2016/08/30/opinion/the-trump-farage-road-show.html?_r=0

 

http://internacional.elpais.com/internacional/2016/08/25/estados_unidos/1472082130_940680.html

 

Povos originários tentam deter a construção de oleoduto em Dakota do Norte

 

Na quarta-feira (24 de ago.), mais de mil ativistas das tribos Sioux, Seneca, Taina e Lakota protestaram em frente a um tribunal em Washington contra a construção de um oleoduto numa área próxima a uma reserva indígena no estado de Dakota do Norte. O juiz federal que cuida do caso resolveu adiar a decisão sobre o caso para 9 de setembro, face à pressão dos manifestantes.

 

Desde abril, milhares de indígenas bloqueiam os canteiros de obras do oleoduto, cujo projeto, orçado em 3,8 bilhões de dólares e conduzido pela empresa Enbridge, consiste em levar o material betuminoso de Dakota do Norte até uma instalação em Illinois para distribuir pelo Golfo do México. Por se tratar de uma propriedade federal, as autoridade já ordenaram centenas de detenções dos manifestantes que se concentram em ações de desobediência civil pacífica.

 

Segundo ambientalistas, o oleoduto trará como consequência a contaminação do aquífero subsidiário do rio Missouri. Um dos alvos das críticas dos manifestantes é o presidente Barack Obama, a quem acusam de favorecer as empresas petrolíferas desde o primeiro dia na Casa Branca.

 

LINKS:

 

http://www.lavanguardia.com/vida/20160825/404178521889/tribus-indias-de-todo-eeuu-intentan-detener-la-construccion-de-un-oleoducto.html

 

http://www.nytimes.com/2016/08/27/us/north-dakota-oil-pipeline-battle-whos-fighting-and-why.html

 

ESPANHA

 

PP e Ciudadanos selam acordo por investidura; PSOE permanecem no “não”

 

A aliança entre conservadores e liberais na Espanha já conta com 170 deputados, número ainda insuficiente para a formação de um governo. O imbróglio que se arrasta desde 26 de junho ganhou novos capítulos nos últimos dias, com o líder dos Ciudadanos, Albert Rivera, estendendo a mão para o dirigente do Partido Popular, Mariano Rajoy. O acordo entre as duas formações foi possível com a flexibilização do Ciudadanos que abriu mão de algumas exigências “anticorrupção” que fazia ao seu mais novo sócio.

 

Para o governo das direitas espanholas se efetive, no entanto, a bancada social-democrata do PSOE precisa no mínimo se abster de “chumbar” a investidura. Até a segunda-feira (29 de ago.), o discurso de Pedro Sánchez, líder do PSOE, era de nenhum apoio dos 85 deputados socialistas ao PP. Ao mesmo tempo em que se recusa a colaborar com os conservadores na votação decisiva da próxima sexta-feira (02/09), o PSOE não se postula como alternativa, conforme pressiona uma boa parte da direção do Podemos, que mira um “governo progressista” com uma plataforma anti-austeridade, mais ou menos, aos moldes da “geringonça portuguesa”.

 

Caso um nenhum governo seja viabilizado em algumas semanas, novas eleições gerais estarão na agenda espanhola na semana natalina em dezembro.

 

LINKS:

 

http://politica.elpais.com/politica/2016/08/29/actualidad/1472455615_416563.html

 

http://www.dn.pt/mundo/interior/sanchez-resiste-a-pressao-apesar-de-acordo-rajoy-rivera-5360626.html

 

http://www.libertaddigital.com/espana/2016-08-29/podemos-se-prepara-para-afrontar-el-fracaso-de-rajoy-1276581338/

 

FRANÇA

 

Conselho de Estado francês suspende veto ao burkini

 

Proibido em cerca de 30 localidades francesas, o burkini foi liberado pelo Conselho de Estado (um tribunal administrativo auxiliar do Governo) na praia de Villaneuve-Loubet, abrindo uma jurisprudência para derrubar o veto em todo o país. Por entender que o traje de banho não configura ameaça a ordem pública, o órgão impôs uma severa derrota aos conservadores que vêm defendendo a medida islamofóbica. O ex-presidente Nicolas Sarkozy – que sonha em retornar a presidência francesa em 2017 – e o atual primeiro-ministro socialista Manuel Valls são alguns dos políticos que se colocaram ao lado da proibição.

A controvérsia do burkini vem se acirrando em toda a Europa nas últimas semanas, principalmente depois que uma mulher foi obrigada a se despir por guardas armadas numa praia de Côte d’Azur. Na quinta-feira (25 de ago.) Feministas britânicas simularam uma praia em frente a embaixada francesa em Londres, para defender o direito das mulheres utilizarem a vestimenta que quiserem sem a interferência estatal.

A Anistia Internacional e a ONU já criticaram a perseguição ao burkini como “grave violação da dignidade humana”. Jean-Luc Melenchon, porta-voz do Parti de Gauche, saudou a decisão do Conselho de Estado e declarou que a polêmica é uma verdadeira “vergonha nacional” para a França.

 

LINKS:

 

https://www.publico.pt/mundo/noticia/conselho-de-estado-frances-adia-decisao-sobre-polemica-da-proibicao-dos-burkinis-1742334

 

https://www.theguardian.com/world/2016/aug/25/protesters-throw-beach-party-protest-in-london-against-burkini-ban

 

http://vientosur.info/spip.php?article11639

 

http://www.rtl.fr/actu/politique/pour-jean-luc-melenchon-la-polemique-autour-du-burkini-est-une-honte-pour-notre-pays-7784633085

 

REINO UNIDO

 

Sem debate no Parlamento, Theresa May planeja disparar processo de Brexit

De acordo com o diário britânico The Telegraph, a primeira-ministra conservadora Theresa May pretende acionar o quanto antes o artigo 50, que inicia de fato o processo de saída do Reino Unido da União Europeia. Uma vez invocado tal dispositivo irreversível, os britânicos possuem um prazo de dois anos para concluir a ruptura com o bloco.

A indicação de May passará por cima do debate parlamentar vem em consonância com os temores de que uma ala contrária ao Brexit na Câmara dos Lordes poderia travar indefinidamente a discussão, até que as eleições germânicas e francesas acontecessem no final de 2017. Essa hipótese provoca ainda mais incerteza nos círculos financeiros.

 

LINK:

 

http://www.telegraph.co.uk/news/2016/08/26/theresa-may-will-trigger-brexit-negotiations-without-commons-vot/

 

HUNGRIA

 

Primeiro-ministro anuncia plano de construção de uma nova barreira anti-imigrantes

O primeiro-ministro húngaro, Viktor Orban, disse em entrevista para uma rádio de Budapeste na sexta-feira (26/08), que o governo já estuda a construção de uma segunda cerca na fronteira com a Sérvia, no intuito de fechar a passagem do país para imigrantes provenientes da Turquia. A União Europeia está em uma difícil negociação com o governo turco a respeito do controle do deslocamento de refugiados que se direcionam para as Balcãs, rumo ao Norte Europeu.

 

LINKS:

 

http://www.newsweek.com/hungary-eu-refugee-crisis-serbia-fence-eu-turkey-deal-asylum-referendum-493766

 

http://br.reuters.com/article/worldNews/idBRKCN1111D6

 

ALEMANHA

 

Ministro da Economia alemã afirma que fracassou Tratado Comercial de UE com EUA

No último final de semana, o vice-chanceler alemão Sigmar Gabriel (social-democrata) deu por morto o TTIP, tratado de livre-comércio entre Europa e EUA que constituiria a maior zona comercial do mundo. Defendendo um tratado substitutivo com o Canadá (CETA), o ministro da Economia germânico antecipou-se aos protestos marcados para o dia 17 de setembro em várias cidades do país em rechaço aos dois acordos inter-atlânticos.

 

O TTIP é alvo de acolorados debates por conferir mais poderes às grandes companhias transnacionais.

 

LINKS: http://www.dw.com/es/vicecanciller-alem%C3%A1n-da-el-ttip-por-fracasado/a-19508936

 

https://www.publico.pt/economia/noticia/vicechanceler-alemao-garante-que-negociacoes-do-ttip-fracassaram-1742537

 

Pesquisa mostra que metade dos alemães são contra novo mandato de Angela Merkel

 

Sondagem revelada pelo jornal Bild am Sonntag nesse domingo (28 de ago.) aponta que 51% dos alemães desejam que Angela Merkel seja substituída após as eleições de 2017. Em contrapartida, 42% dos eleitores da Alemanha querem que a líder conservadora permaneça no cargo para um quarto mandato consecutivo.

 

Os analistas vêm responsabilizando o problema imigratório e os ataques terroristas pela queda de popularidade da antes toda-poderosa chanceler alemã.

 

LINK: http://www.wsj.com/articles/half-of-germans-oppose-fourth-term-for-angela-merkel-survey-finds-1472379679

 

TURQUIA

 

Ofensiva turca sobre curdos na Síria

Tropas curdas da região de Jarabulus, no Norte da Síria, denunciam bombardeia de coalizão liderada pelos turcos contra populações civis. Desde 25 de agosto, as forças comandadas por Ancara já arrancaram do domínio curdo 21 vilarejos, vitimando 41 pessoas na área ao norte de Aleppo.

O objetivo dessa ofensiva é impedir que os curdos controlem uma faixa uma ininterrupta de leste a oeste na fronteira com a Turquia.

LINK: http://es.rfi.fr/oriente-medio/20160828-un-nuevo-frente-se-abre-en-siria-entre-las-fuerzas-turcas-y-las-milicias-kurd

 

PALESTINA

 

ONU denuncia Israel por aumento de colonização na Cisjordânia e em Jerusalém Oriental

Nessa segunda-feira (29 de ago.), o enviado especial da ONU ao Oriente Médio apresentou ao Conselho de Segurança um relatório no qual evidencia o descumprimento israelense das recomendações internacionais acerca da construção de novos assentamentos em território palestino. O diplomata fez um apelo para que o governo de Benjamin Netanyahu cesse o plano de ocupação de terreno palestino.

Desde 1 de julho, Israel efetuou a instalação de 1700 residências em área proibida por acordo de paz com a Palestina.

 

LINKS:

 

https://es.noticias.yahoo.com/onu-denuncia-israel-impulsar-asentamientos-ilegales-155438230.html

 

http://www.aljazeera.com/news/2016/08/israel-eviction-plan-violates-palestinian-land-rights-160823130906049.html

 

Morte de detido palestino gera revolta massiva na Cisjordânia

 

Em Nablus (segunda maior cidade da Cisjordânia, sob ocupação de Israel) Ahmed Halawa foi sufocado até a morte pelas forças de segurança ligadas à autoridade palestina. O assassinato do jovem levou centenas de manifestantes a saírem às ruas, munidos de pedras, para protestar contra a brutalidade policial na região.

 

Em resposta, o primeiro-ministro palestino prometeu uma minuciosa investigação.

 

LINK: http://www.reuters.com/article/us-palestinians-nablus-death-idUSKCN10Y1GC

 

IÊMEN

 

Iêmen e EUA anunciam pré-acordo para governo de unidade nacional

Exilado na capital saudita, o governo do Iêmen aceitou a proposta do Departamento de Estado norte-americano de buscar uma iniciativa junto aos rebeldes huthis. Há 17 meses um violento conflito divide o país, ocasionando a morte de mais de 6600 pessoas e o deslocamento de ao menos 3 milhões de iemênitas.

Os rebeldes xiitas huthis, aliados aos partidários do ex-presidente Ali Saleh, tomaram a capital do país, Sanaa, e forçaram o presidente Abd Hadi a se exilar em Riad.

 

LINKS: https://nacoesunidas.org/conflito-no-iemen-ja-deslocou-mais-de-3-milhoes-de-pessoas-diz-relatorio-da-onu/

 

http://www.ansamed.info/ansamed/it/notizie/stati/emirati/2016/08/25/yemen-kerry-governo-unita-nazionale-con-ribelli-houthi_810571aa-61f8-4015-b42c-d6ac25970945.html

 

http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/afp/2016/08/28/no-sul-da-arabia-saudita-a-guerra-no-iemem-nao-e-vista-mas-causa-mortes.htm

 

FILIPINAS

 

Duterte e guerrilhas comunistas pactuam extensão da trégua

Em mesa de negociações em Oslo, na Noruega, o governo ultradireitista de Rodrigo Duterte e as guerrilhas comunistas filipinas chegaram a um acordo histórico. Além da prorrogação indefinida da trégua compactuada há algumas semanas, governo e Partido Comunista manifestaram a intenção de colocar um ponto final no conflito dentro de um prazo de um ano.

Dentro do acordo, 500 comunistas seriam anistiados pelo governo e 150 dirigentes teriam imunidade para fazer parte do comitê de negociação. Em resposta à sinalização do governo, dois policiais foram liberados pelas milícias rebeldes na região sul do país.

A aproximação entre Manilla e o Partido Comunista é vista pela comunidade internacional como um resultado direto do sucedido na Colômbia, onde as FARCs e o governo chegaram a um acordo de paz definitivo.

 

LINK:

 

http://www.elmundo.es/internacional/2016/08/27/57c18576e5fdea594e8b46ad.html

 

ÁFRICA DO SUL

 

Estudantes protestam contra racismo de escola que obriga uso de tranças no cabelo

As normas racistas de um colégio particular de Pretória estão causando uma importante mobilização na sociedade sul-africana. Um grupo de estudantes denunciam o Pretoria Girls High por forçarem as alunas a usarem como penteado tranças de no máximo, 10 cm. Caso desrespeitem o código de conduta de 36 páginas, as estudantes podem ser punidas até com expulsão.

Desde que o caso foi noticiado, as secundaristas de toda Pretória têm se mobilizado nas escolas em prol do orgulho black. Em menos de 24 horas, uma petição em apoio às jovens reuniu 15 mil assinaturas e a #StopRacisminPretoriaGirlsHigh tem viralizado juntamente com fotos de cabelos afros.

O governo sul-africano prometeu, diante da pressão juvenil, endurecer a legislação antirracista.

 

LINK: http://www.bbc.com/news/world-africa-37212573

 

ZIMBÁBUE

 

Mais uma jornada de manifestação e repressão em Harare

A sexta-feira (26 de ago.) foi marcada por fortes manifestações na capital do Zimbábue contra o ditador Robert Mugabe. Centenas de policiais tentaram impedir sem sucesso uma passeata convocada pelos partidos da oposição, que pedem a saída de Mugabe, em meio a uma crise econômica que vem se agravando nos últimos meses.

Gás lacrimogênio e jatos de água foram o recurso a que os policiais apelaram para se contrapor às pedras e pneus incendiados utilizados pelos manifestantes.

Novas convocatórias estão sendo realizadas para esta semana.

LINK: http://www.aljazeera.com/news/2016/08/anti-mugabe-protests-turn-violent-capital-harare-160824145834397.html

 

MÉXICO

 

Entidades mexicanas denunciam crise de direitos humanos à ONU

Um grupo de mais de cem Organizações Não-Governamentais irão entregar a ONU um relatório sobre a violação de Direitos Humanos dentro das empresas particulares e públicas no país. O documento revela 61 casos de grandes companhias que não cumprem com a legislação trabalhista mexicana.

Uma comissão de trabalho do organismo internacional visitará o México entre 29 de agosto e 7 de setembro para observar se as constantes denúncias dos ativistas sindicais procedem ou não.

Conforme estudo da Acción Ciudadana Frente a la Pobreza, 10 milhões de trabalhadores mexicanos vivem em situação de pobreza. Dos 29 países que integram a OCDE, o México ocupa o pior lugar no quesito salarial. O salário mínimo de 73,04 pesos é insuficiente para custear a cesta básica familiar de 89 pesos.

 

LINK: http://www.excelsior.com.mx/nacional/2016/08/29/1113794

 

http://www.proceso.com.mx/452765/documentan-ong-61-casos-empresas-violan-derechos-humanos-en-mexico

 

Universidade confirma plágio de monografia acadêmica por Peña Nieto, o presidente mais impopular da história mexicana

 

Em sua tese de licenciatura em Direito, o presidente mexicano Enrique Peña Nieto plagiou 197 parágrafos de outro trabalho. Embora confirmada pela Universidade Pan-Americana, a acusação, fruto de uma investigação jornalística, não culminará, no entanto, na perda do diploma de Peña Nieto.

 

Segundo pesquisa divulgada pelo jornal Reforma, Peña Nieto, envolto em escândalos e incapaz de retirar o país da desaceleração econômica, alcançou o maior índice de rejeição já auferido por um mandatário mexicano na históra: 74% desaprovam a sua gestão.

 

LINKS: http://www.diariodemexico.com.mx/la-up-confirma-plagio-la-tesis-pena-nieto-imposible-proceder-ante-acto-consumado/

 

http://www.dn.pt/mundo/interior/pena-nieto-de-salvador-a-presidente-mais-impopular-de-sempre-5362392.html

 

COLÔMBIA

 

Governo e FARC celebram acordo de paz definitivo

Depois de 50 anos de conflitos armados e quatro anos de diálogos em Havana, governo colombiano e as FARC fecharam os últimos detalhes do acordo de paz que irá a plebiscito no dia 2 de outubro.

O fundamental do documento (que antes do referendo, precisa ser aprovado no Congresso colombiano) é a desmobilização das guerrilhas rebeldes em troca de uma ampla anistia (exceto para crimes como sequestro e estupro) e transformação da organização armada em um movimento político legalizado. Além disso, ficaram estipulados um plano de reforma rural, uma mesa de solução para o problema das drogas ilícitas e o ressarcimento de vítimas.

O saldo do confronto de cinco décadas são 260 mil mortos, 7 milhões de deslocados e 45 mil desaparecidos.

 

LINK: http://www.telesurtv.net/news/Gobierno-de-Colombia-y-FARC-EP-llegan-a-un-acuerdo-final-20160824-0022.html

 

http://www.elcomercio.com/actualidad/farc-paz-guerrilla-colombia-acuerdo.html

 

BOLÍVIA

 

Governo boliviano confirma morte de vice-ministro sequestrado por mineiros

O vice-ministro de Assuntos Interiores, Rodolfo Illanes, foi encontrado morto na localidade de Panduro, depois de ser sequestrado e torturado por mineiros que bloqueavam a rodovia Oruro-La Paz, em protesto contra nova legislação sindical decretada pelo governo Evo Morales.

Após de três dias de bloqueios de estradas e forte repressão policial, que resultaram na morte de três manifestantes, um grupo de mineiros fez Illanes refém na quinta-feira (25 de ago.) e o espancou até a morte.

Nove suspeitos do assassinato foram detidos, os protestos recuaram e o presidente Evo Morales levantou dúvidas sobre uma possível conspiração contra o seu governo por trás das reivindicações dos mineiros.

 

LINKS:

 

http://www.telesurtv.net/news/Gobierno-boliviano-confirma-asesinato-de-viceministro-Illanes-20160826-0002.html

 

http://www.telesurtv.net/news/Evo-Morales-denuncia-conspiracion-politica-en-movilizacion-de-mineros-20160826-0016.html

 

http://www.20minutos.es/noticia/2825312/0/mineros-bolivia-veceministro/rodolfo-illanes/

 

VENEZUELA

 

Maduro assina acordos com a mineradora Barrick Gold

Na sexta-feira (26 de ago.) Palácio de Miraflores foi cenário da assinatura de um acordo entre o governo venezuelano e a mineradora canadense Barrick Gold, a maior empresa de extração de ouro do mundo. O contrato, segundo o presidente Nicolás Maduro, elevará os investimentos externos a 5,5 bilhões de dólares no país.

No começo do mês, Maduro já havia costurado outro acordo com a Gold Reserve, no qual o Estado venezuelano indenizaria em mais de 700 milhões de dólares a mineradora estadunidense pela expropriação de algumas plantas industriais em 2008. Em troca, a Venezuela teria algumas fontes de financiamento externo desbloqueadas.

 

LINKS:

 

http://www.reuters.com/article/us-venezuela-mining-idUSKCN1112BR

 

http://www.aporrea.org/contraloria/a233207.html

 

http://www.lapatilla.com/site/2016/08/28/alcides-padilla-939-especies-del-rio-orinoco-se-veran-afectadas-por-implementacion-del-arco-minero/

 

PERU

 

Congresso peruano aprova entrada de unidades militares estadunidenses em território do país

Apenas a bancada da Frente Ampla votou contra a proposta legislativa que permite a circulação de unidades militares e navais dos Estados Unidos dentro do território estadunidense.

“Nós entendemos que o Comando Sul das Forças Armadas dos EUA tem a ver com assuntos políticos e estratégicos no continente. Os peruanos têm um forte sentido nacionalista e de dignidade. Por isso, o nosso voto é um gesto mais simbólico e de afirmação nacional” afirmou o congressista Alberto Quintanilla (FA).

LINK:

 

http://elcomercio.pe/politica/congreso/frente-amplio-voto-contra-ingreso-militares-estadounidences-noticia-1927050

 

ARGENTINA

 

Condenados a prisão perpétua 28 militares de 1974 por repressão antes da ditadura

Na sexta-feira (26 de ago.), um tribunal de Córdoba sentenciou 28 repressores do exército argentino a pena de reclusão perpétua por crime de lesa-humanidade em La Perla, maior centro clandestino de detenção no interior do país . Trata-se da primeira condenação referente a um período anterior a 1976, data de início da ditadura argentina, abrindo um precedente para que casos semelhantes ocorridos no governo de Isabelita Perón sejam julgados.

Cerca de dez mil pessoas acompanharam o julgamento do lado de fora do tribunal, entoando o coro “oh-lá-lá aonde quer que estejam, nós os iremos buscar”.

 

LINKS:

 

http://www.lanacion.com.ar/1931702-cadena-perpetua-a-menendez-y-a-otros-27-militares-por-la-represion-en-la-perla

 

http://internacional.elpais.com/internacional/2016/08/25/argentina/1472132734_912427.html

Veja também