|
eua9-1

A perplexidade em relação às ações de Donald Trump percorre o mundo. O veto à entrada nos EUA de cidadãos e refugiados de 7 países de maioria islâmica catalisou fortes manifestações tanto nas principais cidades americanas como em outros continentes. O decreto foi suspenso por um juiz de Seattle na sexta-feira, uma vitória ainda que parcial das diversas mobilizações ocorridas ao longo da semana.
No clipping abaixo, destacamos ainda o completo escárnio de Israel em relação à comunidade internacional (fato que fica evidente nos novos assentamentos na Cisjordânia), o acirramento de tensões dos EUA com o Irã, China e Coreia do Norte, as reviravoltas na corrida presidencial francesa, a aprovação parlamentar do Brexit, as movimentações de Putin no tabuleiro geopolítico e o absurdo atentado contra muçulmanos em Quebec, logo após o governo canadense erguer-se como contraponto direto à xenofobia trumpista.
Aos destaques seguem notícias de mais de 30 países que nos auxiliam a compreender tanto as diversas lutas sociais que estão se desenvolvendo em 2017 quanto a falência generalizada dos regimes políticos globalmente.

Uma boa semana a todos!

Charles Rosa – Observatório Internacional da Fundação Lauro Campos

 

DESTAQUES

ESTADOS UNIDOS
Juiz bloqueia polêmica ordem migratória de Trump em todo o país
“O juiz federal de Seattle James Robart ordenou, em caráter temporário nesta sexta-feira (3), a suspensão da ordem executiva emitida pelo presidente Donald Trump de proibir a entrada de refugiados e imigrantes de sete países de maioria muçulmana. A medida, que vale para todo país, foi o golpe mais duro até agora contra o polêmico decreto, que gerou protestos nos Estados Unidos. O governo ainda pode apelar da sentença.”

 

Protestos contra Trump se espalham pelos EUA
“Dezenas de milhares de pessoas se reuniram em cidades dos EUA no domingo (29) para protestar contra a ordem executiva do presidente Donald Trump, que bloqueou a entrada no país de viajantes de sete nações de maioria muçulmana.”
http://www1.folha.uol.com.br/mundo/2017/01/1854079-protestos-contra-decreto-de-trump-se-espalham-pelos-eua.shtml

 

Apoio a Trump cresce, mas continua o pior desde 1953, aponta pesquisa
“A aprovação do presidente dos EUA, Donald Trump, cresceu nos primeiros dias de governo, mas continua a pior entre os mandatários americanos desde 1953, aponta pesquisa divulgada nesta sexta-feira (3) pela CNN. Dos entrevistados na pesquisa, 44% aprovam o trabalho do republicano, quatro pontos a mais que no levantamento feito entre 12 e 15 de janeiro. Por outro lado, a reprovação também subiu, de 52% para 53%.”

 

Como Trump definiu os 7 países da polêmica proibição de entrada aos EUA?
“Richard Painter e Norman Eisen, ex-advogados de ética da Casa Branca durante os mandatos de George W. Bush e Obama, respectivamente, lembraram que Trump fez negócios na Arábia Saudita, Egito e Emirados Árabes Unidos, países omitidos do veto, assim como na Turquia, Índia e Filipinas.”
http://www.bbc.com/portuguese/internacional-38808841

 

Trump indica juiz conservador para a Suprema Corte
“O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, apresentou nesta terça-feira (31), em cerimônia na Casa Branca, o juiz conservador Neil Gorsuch, 49, como seu indicado para ocupar cadeira na Suprema Corte.O posto estava vago há quase um ano, desde a morte do conservador Antonin Scalia, em fevereiro de 2016.”
https://noticias.uol.com.br/internacional/ultimas-noticias/2017/01/31/trump-anuncia-juiz-conservador-para-a-suprema-corte.htm

 

Trump promete derrubar barreira entre Igreja e Estado
“O presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou na quinta-feira um novo desafio em sua ainda curta, mas já agitada presidência: acabar com um dos pilares fundamentais que sustentam a rígida separação entre Igreja e Estado no país que dirige, a Emenda Johnson.”
http://brasil.elpais.com/brasil/2017/02/02/internacional/1486068222_096739.html

 

Ato ultradireitista pró-Trump em Berkeley é cancelado após protestos
“Centenas de estudantes envolveram-se em violentos confrontos com a polícia, na universidade de Berkeley, na Califórnia, um bastião da esquerda e dos liberais norte-americanos. Na origem dos protestos, reprimidos com gás lacrimogéneo pelas forças da ordem, uma conferência de Milo Yiannopoulos, um escritor próximo da extrema-direita e colaborador do “site” de informação Breitbart, partidário de Donald Trump.”
http://pt.euronews.com/2017/02/02/eua-conferencista-de-extrema-direita-inflama-confrontos-na-universidade-de

 

RÚSSIA

 

Trump e Putin reforçam laços de EUA e Rússia prometendo cooperação
“Segundo nota divulgada pelo Kremlin, Putin e Trump mantiveram uma conversa “positiva” sobre uma variedade de temas, desde o acordo nuclear com o Irã até a crise na Ucrânia, passando pelo conflito entre Israel e Palestina e a situação na península coreana.”
http://www1.folha.uol.com.br/mundo/2017/01/1853947-putin-e-trump-concordam-em-estabelecer-relacoes-de-igual-para-igual.shtml

 

Putin diz que Ucrânia se fez de vítima porque precisa de dinheiro dos EUA e UE
“O Presidente da Rússia disse que Kiev escalou os conflitos em Donbass porque precisa parecer, aos olhos dos EUA e da União Europeia, como vítima dos russos de modo a conseguir ajuda financeira. O Presidente da Rússia disse que Kiev escalou os conflitos em Donbass porque precisa parecer, aos olhos dos EUA e da União Europeia, como vítima dos russos de modo a conseguir ajuda financeira.”
https://br.sputniknews.com/russia/201702027577263-putin-agravamento-crise-ucrania/

 

IÊMEN
Primeiro ataque militar avalizado por Trump termina com civis mortos
“O presidente Donald Trump estreou na área da defesa com uma malsucedida operação militar no Iêmen, decidida com seu estrategista de propaganda e ignorando as informações de inteligência. Segundo o governo iemenita, 16 civis foram mortos, incluindo uma menina de oito anos, com direito a cidadania americana. Um integrante da unidade de elite Seal da Marinha americana e 14 homens identificados como combatentes da Al-Qaeda na Península Arábica (AQAP) também foram mortos.”
http://internacional.estadao.com.br/blogs/lourival-santanna/trump-ignora-inteligencia-e-militares-em-ataque-malsucedido-no-iemen/

 

IRÃ
Em rota de colisão com Washington, Teerã realiza testes militares com mísseis
“A Força Aeroespacial do corpo de elite dos Guardiões da Revolução do Irã iniciou neste sábado uma série de manobras militares que incluem o teste de sistemas de radar e mísseis de fabricação local. Estes exercícios militares acontecem em meio a uma escalada da tensão com os Estados Unidos, que ontem impuseram sanções a 13 indivíduos e 12 entidades relacionados com o programa de mísseis balísticos de Teerã, que, por sua vez, anunciou medidas recíprocas.”
https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/efe/2017/02/04/ira-realiza-amplas-manobras-militares-que-incluem-testes-com-misseis.htm

 

ISRAEL
Israel anuncia ampliação de assentamentos na Cisjordânia
Israel começou nesta quarta-feira a evacuação de uma emblemática colônia na Cisjordânia, mas anunciou em compensação a construção de novas casas neste território palestino ocupado, na quarta medida deste tipo após a chegada de Donald Trump à Casa Branca. Desde a posse do novo presidente americano, no dia 20 de janeiro, Israel anunciou a construção de mais de 6.000 casas na Cisjordânia e Jerusalém Oriental, ocupada e anexada.
https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/afp/2017/02/01/israel-evacua-colonia-emblematica-mas-anuncia-novas-casas-na-cisjordania.htm

 

FRANÇA
Escândalos de corrupção modificam tendências das eleições francesas: antes favorita, candidatura conservadora à beira do colapso
“Conservador François Fillon e líder populista de direita Marine Le Pen são acusados de desvio de recursos. Pesquisa aponta mudança nas intenções de voto para candidatos ao Palácio do Eliseu.Escândalos de corrupção envolvendo os dois principais candidatos à presidência da França, Marine Le Pen e François Fillon, podem mudar os rumos das eleições presidenciais marcadas para abril e maio deste ano.”
https://noticias.terra.com.br/escandalos-de-corrupcao-podem-mudar-rumos-da-eleicao-francesa,4bb1312d854cd7799258f04d0766d41bkju79tlb.html

 

Com retórica à esquerda de Hollande, Hamon derrota Valls nas primárias socialistas; Melénchon apresenta exigências para um difícil acordo
Por 59% a 41%, o ex-ministro da Educação de François Hollande derrotou Manuel Valls no segundo turno das primárias do Partido Socialista. Hamon busca agora juntar Partido de Esquerda e Verdes para uma candidatura única frente à ultradireitista Le Pen, o conservador Fillon e o liberal Macron, os quais neste momento encabeçam as sondagens para as eleições presidenciais de 23 de abril. Há, entretanto, forte resistência dos deputados valssistas em fazer campanha para Hamon. Do outro lado, mesmo pressionado pela ascensão do socialista, o candidato do Partido de Esquerda, Jean-Luc Mélenchon, mantém seu projeto de França Insubmissa: “Hamon deve escolher entre os responsáveis por este desgoverno ou nós”.
http://istoe.com.br/hamon-vence-primaria-socialista-na-franca/
(em espanhol) http://www.mundiario.com/articulo/politica/oficialismo-francia-parte-elecciones-primarias/20170201000000077935.html
(francês) http://www.europe1.fr/politique/melenchon-a-hamon-choisissez-entre-eux-et-nous-2966777

 

França dobrará vistos para iranianos após veto de Trump
“O ministro das Relações Exteriores da França, Jean-Marc Ayrault, criticou nesta terça-feira em Teerã o decreto do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, contra sete países de maioria muçulmana e anunciou que seu país vai dobrar o número de vistos concedidos a cidadãos iranianos.”
https://noticias.terra.com.br/mundo/europa/franca-critica-decreto-de-trump-e-dobrara-numero-de-vistos-para-iranianos,02b8ef0ee66d936fb3a7aa7030ae2f77k5n0jxuc.html

 

INGLATERRA
Rechaço à possível visita de Trump desencadeia protestos em Londres
“Milhares de pessoas se manifestaram neste sábado em Londres contra o convite do governo britânico para que Donald Trump realize uma visita de Estado ao Reino Unido e a política migratória “racista” do presidente americano. Convocados por organizações como “Stop the War”, “De pé contra o racismo” e a Associação muçulmana do Reino Unido, os cidadãos se reuniram diante da embaixada dos Estados Unidos em Londres e marcharam rumo a Downing Street, residência oficial da primeira-ministra britânica, a conservadora Theresa May. Com cartazes como “Não há bodes expiatórios muçulmanos”, “Não a Trump” ou “Theresa May, vergonha”, os participantes pediram que May condene a política migratória de Trump.”
https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/efe/2017/02/04/convite-de-may-a-trump-para-visita-de-estado-gera-protestos-em-londres.htm

 

Por ampla maioria, Parlamento autoriza Brexit; grupo de trabalhistas vota contra, desafiando Corbyn
“A Câmara dos Comuns (do Parlamento britânico) autorizou nesta quarta-feira, por 498 votos a favor e 114 contra, que a primeira-ministra britânica ative o processo de saída do Reino Unido da União Europeia, em uma votação histórica depois de dois dias de debate. Theresa May ultrapassa assim o primeiro passo da verificação parlamentar, uma exigência do Supremo Tribunal britânico para que o processo do Brexit seja iniciado. Os planos da primeira-ministra eram manter o Parlamento, potencialmente perigoso por sua inclinação à permanência, longe do processo de saída do bloco.”
http://brasil.elpais.com/brasil/2017/02/01/internacional/1485973126_589417.html
Em reunião de cúpula da UE, May pressiona líderes europeus a investirem mais na OTAN
“Numa conferência conjunta com Donald Trump na passada sexta-feira, aquando da sua visita à Casa Branca, May referiu que as contribuições dos vários países para a NATO deviam ser “divididas mais justamente”, cita a BBC. Uma estimativa da organização de defesa aponta que apenas cinco dos seus membros (Estados Unidos, Reino Unido, Grécia, Polónia e Estónia), despendem pelo menos 2% do seu PIB com a defesa.”
http://expresso.sapo.pt/internacional/2017-02-03-Theresa-May-pressiona-dirigentes-europeus-a-aumentarem-contribuicoes-para-a-NATO

 

CHINA
Pequim pede a Trump que não se intrometa em disputas de soberania com Japão; governo chinês rebate acusação de manipulação cambial
“O governo da China pediu aos Estados Unidos que não se intrometa em suas disputas de soberania com o Japão, depois que o novo secretário de Defesa americano, James Mattis, reafirmou o compromisso de Washington com Tóquio em matéria de alianças defensivas.”
https://noticias.terra.com.br/mundo/asia/china-pede-a-trump-que-nao-se-intrometa-em-disputas-de-soberania-com-o-japao,a462d05bafdf52f52a6e2501aca76493b6bz9u0o.html

 

Após Trump ter acusado China e Japão de promoverem “guerra cambial”, Pequim defendeu-se pedindo mais negociações com Washington. Uma declaração formal de Trump sobre o assunto pode fornecer o pretexto para que ele cumpra a promessa eleitoral de sobretaxar os produtos chineses, a fim de reduzir o deficit comercial estadunidense.
http://extra.globo.com/noticias/economia/china-diz-que-nao-busca-guerra-cambial-apos-criticas-de-trump-sobre-iuan-20868300.html

 

CANADÁ
Governo oferece refúgio a bloqueados por decreto de Trump
“O Canadá vai oferecer residência temporária às pessoas que ficarem bloqueadas no país devido à recente proibição migratória do presidente americano, Donald Trump, que bloqueou a entrada nos Estados Unidos de viajantes procedentes de sete países de maioria muçulmana, afirmou neste domingo (29) o ministro da Imigração canadense, Ahmed Hussen. As informações são da Radio France Internacionale.”
http://agenciabrasil.ebc.com.br/internacional/noticia/2017-01/canada-oferece-residencia-temporaria-refugiados-barrados-por-trump

 

Assassino de mesquita em Quebec revela-se fã de Trump e Le Pen
“As vítimas de Alexandre Bissonnette são seis homens muçulmanos, todos nascidos em outros países e que haviam emigrado para o Quebec em busca de uma vida melhor. Tinham entre 39 e 60 anos de idade. Dois eram da Guiné, dois da Argélia e os outros, Marrocos e Tunísia. A maioria tinha filhos.”
http://brasil.elpais.com/brasil/2017/01/31/internacional/1485900170_691389.html

 

AMÉRICA LATINA

 

MÉXICO
Secretário de Segurança Interna dos EUA promete muro em dois anos
“O muro na fronteira entre os Estados Unidos (EUA) e o México deve ser concluído dentro de dois anos, afirmou nesta quarta-feira (1) o secretário americano de Segurança Interna, general da reserva John Kelly, em entrevista ao canal Fox News. Ele disse que ‘o muro será construído primeiro onde é mais necessário e depois completado.’”
http://agenciabrasil.ebc.com.br/internacional/noticia/2017-02/muro-na-fronteira-eua-mexico-deve-ficar-pronto-em-dois-anos

 

Peña Nieto suspende novo “gasolinazo” por duas semanas; protestos continuam e uma greve nacional está sendo construída
“Após um mês de multitudinárias manifestações, governo mexicano anunciou suspensão temporária de nova majoração dos combustíveis. A indignação popular permanece alta e sindicatos começam a se articular para um calendário nacional de greves.
(espanhol) https://actualidad.rt.com/actualidad/230222-mexico-suspenden-gasolinazo-dos-semanas-inconformidad-continua

 

ARGENTINA
Macri assina decreto endurecendo regras migratórias
“Nos últimos dias, o presidente da Argentina, Mauricio Macri, assinou uma série de decretos endurecendo as políticas migratórias do país, o que lhe rendeu críticas de que estaria agindo sob a influência das ações de Donald Trump nos Estados Unidos.Entre as medidas, o governo argentino obrigou as companhias aéreas a informarem os dados de todos passageiros que viajam ao país, aumentou o controle nas fronteiras terrestres e facilitou a deportação de estrangeiros que cometeram crimes (veja mais detalhes no final da reportagem).”
http://g1.globo.com/mundo/noticia/governo-da-argentina-endurece-leis-de-migracao-e-nega-que-acoes-tenham-influencia-de-trump.ghtml

 

Descalabro econômico e social leva principal central sindical a romper diálogo com governo; aumenta chances de primeira greve geral na era Macri
Em diálogo com governo desde setembro do ano passado, a CGT diz que perdeu a confiança em Macri, após anúncio de novo “tarifazo” e de abertura às importações.
(espanhol) http://www.telesurtv.net/news/CGT-anuncia-paro-nacional-en-marzo-contra-politicas-de-Macri-20170203-0001.html

 

Polícia impede topless em praia e mulheres organizam ‘tetazo’ pela liberdade
“Três mulheres foram obrigadas por agentes policias a se cobrirem no último final de semana. O vídeo viralizou nas redes sociais e um juiz arquivou a demanda dos policiais contra as mulheres, retirando o caráter contravencional do topless. O debate na sociedade, entretanto, continua e organizações feministas convocam um “tetazo” no Obelisco bonarense para a próxima terça-feira, em nome da “autogovernabilidade dos corpos das mulheres”.
(espanhol) https://www.clarin.com/sociedad/polemica-topless-convocan-tetazo-tarde_0_SJ3G4lfug.html

 

COLÔMBIA
ELN cumpre acordo e liberta último refém
“O Exército da Libertação Nacional (ELN), o segundo maior grupo guerrilheiro da Colômbia, cumpriu o último requisito do governo do presidente Juan Manuel Santos para que as negociações de um acordo de paz entre as partes pudessem começar ao libertar nesta quinta-feira, dia 2, o ex-congressista Odín Sánches Montes Oca. Com a libertação de Odín, será possível dar início às negociações para a criação de um acordo de paz entre o Estado colombiano e o ELN. As reuniões com tal fim deverá começar a partir da próxima terça-feira, dia 7, em Quito, no Equador.”
https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/ansa/2017/02/03/eln-liberta-refem-e-permite-negociacoes-de-acordo-de-paz.htm

 

PERU
Odebrecht teria pago 20 milhões de dólares para ex-presidente Alejandro Toledo que tem casa revistada
“Toledo seria a primeira grande figura da política peruana considerada culpada por receber subornos da Odebrecht, após ter sido revelado que o ex-diretor da Odebrecht no Peru, Jorge Barata, apresentou à Procuradoria um documento segundo o qual o ex-presidente teria recebido US$ 20 milhões para entregar a construção da estrada Interoceânica.”
https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/efe/2017/02/04/casa-do-ex-presidente-peruano-toledo-e-revistada-por-caso-odebrecht.htm

 

EQUADOR
Rafael Correa pede que América Latina unifique discurso contra Trump
Presidente equatoriano pediu que colegas do continente respondam com um discurso “frontal” contra as medidas anti-imigratórias de Trump. É preciso ter “uma postura regional, de defesa da principal mobilidade, a mobilidade humana, a defesa dos direitos humanos, lembrando aos Estados Unidos que eles são um país de imigrantes”, disse Correa em entrevista para uma rádio espanhola.
(em espanhol) http://www.eltiempo.com/mundo/latinoamerica/rafael-correa-habla-de-un-discurso-unido-ante-trump/16804447

 

A resistência indígena com a megamineração na Amazônia equatoriana
“A retenção de dois militares por parte dos membros de uma comunidade shuar em Morona Santiago confere visibilidade às demandas dos povos indígenas que se opõem à mineração em grande escala dentro de seu território, amparada pelo governo.”
(em espanhol) http://www.publico.es/internacional/shuar-resistencia-indigena-megamineria-amazonia.html

 

PARAGUAI
Presidente do senado é acusado de conspirar contra Horacio Cartes; oposição liberal vê sinais de manobra de HC por trás de denúncia
Roberto Acevedo, presidente do Congresso paraguaio, está sendo acusado por senadores governistas conspirar contra o presidente da República, Horacio Cartes. A oposição, contudo, defende Acevedo, alegando que governistas desejam desobstruir caminho para aprovação de lei permitindo a reeleição de Cartes. Projeto foi rejeitado em agosto último na mesma casa legislativa.
(em espanhol) http://www.lanacion.com.py/2017/02/02/senadores-analizan-la-posible-destitucion-acevedo/

 

CHILE
Bachelet nega ter recebido doação de OAS
“A presidenta do Chile, Michelle Bachelet, negou nesta quarta-feira possuir qualquer vínculo com a construtora OAS, que, segundo reportagem publicada pela revista “Veja”, teria contribuído para sua campanha eleitoral em 2013.A revista “Veja” revelou que o publicitário Duda Mendonça e o ex-presidente da OAS, José Aldemario Pinheiro Filho, vincularam Bachelet à construtora em delações premiadas da Lava Jato.”
https://noticias.terra.com.br/mundo/america-latina/apos-denuncia-bachelet-nega-qualquer-vinculo-com-a-oas,1d2e14ea851e32df9238f69eb8968bfaegcclyfn.html

 

Trabalhadores da maior mina de cobre do mundo votam greve por maiores salários
Os trabalhadores de Escondida, a maior mina de cobre do mundo controlada pela gigante BHP Billiton, rechaçaram a proposta patronal e irão paralisar as atividades. Os mais de 2500 funcionários cruzarão os braços a partir da próxima segunda-feira.
(espanhol) http://www.eleconomistaamerica.cl/empresas-eAm-chile/noticias/8126001/02/17/-Trabajadores-de-mayor-mina-de-cobre-del-mundo-votan-ir-a-huelga.html

 

EUROPA

 

ALEMANHA
Entrada de Schulz nas eleições fazem SPD crescer nas pesquisas; extrema-direita perde terreno, embora continue forte
“As sondagens para as eleições legislativas alemãs reagiram à entra de Martin Schulz como candidato pelo partido SPD e agora colocam-no mais perto da CDU de Angela Merkel. Segundo uma sondagem divulgada na quinta-feira pela Infratest Dimap, se as eleições fossem este domingo a CDU continuaria a vencer as eleições, com 34% dos votos, e o SPD ficaria em segundo lugar com 28%.”
http://observador.pt/2017/02/03/sondagem-coloca-partido-de-martin-schulz-mais-proximo-de-angela-merkel/

 

Merkel reúne-se com Erdogan e pede respeito à liberdade de expressão
“A chanceler alemã, Angela Merkel, pediu ao presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, nesta quinta-feira (2), que garanta o respeito da liberdade de expressão na Turquia, a poucas semanas de um referendo sobre uma revisão constitucional que poderá reforçar seus poderes.”
https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/afp/2017/02/03/merkel-manifesta-a-erdogan-preocupacao-com-liberdade-de-expressao-na-turquia.htm

 

Mais da metade de alemães com “minijob” recebe menos que um salário mínimo
Dos cinco milhões de empregados sob o minijob (carteira assinada, apenas com direito à plano de saúde, e com teto de 450 euros), menos da metade ganha o mínimo constitucional de 8,5 euros por hora. Um em cada cinco recebe 5,5 euros por hora.
(espanhol) http://www.elmundo.es/economia/2017/01/31/588f745bca4741953a8b4666.html

 

ROMÊNIA
Tentativa de descriminalizar a corrupção leva uma maré humana às ruas de Bucareste contra governo social-democrata
“Entre 200 mil e 300 mil pessoas saíram na noite desta quarta-feira às ruas de várias cidades da Roménia, um dia depois de o Governo ter assinado um decreto de emergência que descriminaliza certos tipos de corrupção e que só prevê penas de prisão em casos de abuso de poder que resultem em perdas financeiras superiores aos 44 mil euros. Medida é vista como tentativa de proteger membros do partido no poder, incluindo Liviu Dragnea, ex-primeiro-ministro que em 2016 foi condenado por fraude eleitoral e que atualmente está a ser julgado pelo alegado desvio de 24 mil euros.”
http://expresso.sapo.pt/internacional/2017-02-02-Tentativa-de-legalizar-corrupcao-gera-maiores-protestos-na-Romenia-desde-a-queda-do-comunismo

 

GRÉCIA
Divergências entre FMI e Berlim ameaçam financiamento à Grécia
“O FMI condiciona a sua participação no terceiro memorando ao alívio substancial da dívida grega. Schäuble recusa e diz que se o FMI não entrar, a Alemanha não cumprirá o acordo assinado com a Grécia em Bruxelas.”
http://www.esquerda.net/artigo/divergencias-entre-fmi-e-berlim-ameacam-financiamento-grecia/46731

 

ÁUSTRIA
Governo proíbe burca e limita símbolos religiosos entre funcionários públicos
“O governo de coalizão entre social-democratas e conservadores se propôs a aplicar um amplo pacote de reformas nos 18 meses que restam de legislatura, com medidas econômicas, educativas, de segurança e para favorecer a integração. Com este acordo fica liquidada, por enquanto, uma crise de governo que tinha aberto a possibilidade de novos pleitos. Na Áustria, as pesquisas são lideradas pelo ultradireitista Partido Liberal (FPÖ), que defende políticas de linha dura contra os imigrantes e criticou a chegada nos dois últimos anos de 120.000 refugiados a um país de 8,7 milhões de habitantes. Nesta república alpina vivem cerca de 600.000 muçulmanos, entre os quais a maior comunidade é a de origem turca.”
https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/efe/2017/01/30/austria-proibe-burca-e-limita-simbolos-religiosos-entre-funcionarios-publicos.htm

 

UCRÂNIA

 

Poroshenko anuncia referendo sobre adesão à OTAN
“O presidente da Ucrânia, Pyotr Poroshenko, anunciou a disposição de realizar um referendo sobre a adesão de seu país à OTAN, durante uma entrevista com o jornal alemão Berliner Morgenpost. ‘Quatro anos atrás, 16 por cento da população da Ucrânia apoiava a adesão à OTAN, agora são 54 por cento. Como presidente eu atendo à opinião do meu povo, e celebrarei um referendo sobre a adesão à OTAN’, disse ele.”
https://br.sputniknews.com/mundo/201702027571395-poroshenko-ucrania-referendo-otan/

 

HUNGRIA
Putin visita aliado Orban e países estreitam laços
“O presidente russo, Vladimir Putin, e o primeiro-ministro conservador húngaro, Viktor Orban, manifestaram nesta quinta-feira (2), em Budapeste, sua concordância em reforçar a cooperação econômica entre os dois países, defendendo a suspensão das sanções europeias contra Moscou.Recebido por Orban, um dos principais aliados de Moscou na União Europeia, Putin classificou a Hungria de “sócio importante e confiável” e prometeu que a Rússia fará “todo o possível” para garantir as entregas de hidrocarbonetos a Budapeste, muito dependente do gás russo.”
http://istoe.com.br/na-hungria-putin-mostra-sintonia-com-aliado-europeu-viktor-orban/

 

ORIENTE MÉDIO

 

IÊMEN
Al-Qaeda se retira de duas cidades do Iêmen após protestos da população
“Combatentes da Al-Qaeda se retiraram nesta sexta-feira (3) de duas cidades do sul do Iêmen – cujo controle haviam retomado na véspera – em consequência de um movimento de protesto da população, informou uma fonte da administração local.”Retiraram-se de Loder e de Shaqra após manifestações de protesto da população”, declarou à AFP esta fonte, que pediu anonimato. Os habitantes “afirmaram durante estas concentrações que estavam dispostos a pegar em armas” contra os jihadistas, acrescentou.”
http://g1.globo.com/mundo/noticia/al-qaeda-se-retira-de-duas-cidades-do-iemen-apos-protestos-da-populacao.ghtml

 

EMIRADOS ÁRABES
EAU emerge como potência regional em meio ao caos no Oriente Médio
“O chanceler russo, Sergei Lavrov, visitou nesta semana Abu Dhabi. Dois dias antes, assim o fez o chefe da diplomacia italiana, Angelino Alfano. Rara é a semana que o EAU não recepciona uma conferência internacional ou reunião de cúpulas, prova de sua crescente influência regional. No domingo passado, o príncipe herdeiro de Abu Dhabi foi o segundo líder árabe, depois do rei saudita, que telefou ao presidente Trump”.
(espanhol) http://internacional.elpais.com/internacional/2017/01/31/actualidad/1485857230_542801.html

 

LÍBANO
Tribunais militares estão julgando até crianças, denuncia ONG
“Os tribunais militares do Líbano estão julgando vários civis, inclusive crianças, em processos nos quais não são respeitados os direitos dos acusados e que, em alguns casos, são torturados para confessar crimes que não cometeram, denunciou nesta quinta-feira a organização Human Rights Watch (HRW).Em um relatório, a HRW afirmou que os detidos ficam sem comunicação, acabam interrogados sem a presença de advogados e que os oficiais do Exército utilizam da intimidação e das represálias para conseguir obter confissões dos presos.”
https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/efe/2017/01/26/tribunais-militares-no-libano-estao-julgando-ate-criancas-denuncia-ong.htm

 

SÍRIA
Exército anuncia expulsão de Estado Islâmico de pelo menos 30 localidades
“O Exército sírio anunciou nesta quinta-feira ter reconquistado 30 localidades sob controle do Estado Islâmico (EI) na província setentrional de Aleppo.Após uma ofensiva de 20 dias, o Exército sírio tomou, em particular, o controle de uma parte da estrada que une a cidade de Aleppo com a de Al-Bab, último reduto do EI na província de Aleppo. Al-Bab está praticamente cercada pelos rebeldes sírios apoiados pelos militares turcos.”
http://oglobo.globo.com/mundo/exercito-sirio-expulsa-estado-islamico-de-mais-de-30-regioes-20867738#ixzz4XkB8l64C

 

ÁFRICA

 

ANGOLA
Eduardo Santos não se recandidata à presidência
“O presidente angolano anunciou que será o terceiro candidato nas listas do MPLA às eleições. Em caso de vitória, a presidência será entregue ao atual ministro da Defesa, João Lourenço. José Eduardo dos Santos é presidente de Angola desde 1979, um caso de longevidade no cargo apenas superado por Teodoro Obiang, na Guiné Equatorial, por um mês de diferença. Mas em caso de vitória do MPLA, a transição no palácio presidencial será acompanhada de perto pelo presidente cessante, que se manterá à frente do MPLA pelo menos por mais um ano.”
http://www.esquerda.net/artigo/angola-eduardo-dos-santos-nao-se-recandidata-presidencia/46806

 

ÁFRICA DO SUL
Morte de 94 pacientes com doença mental motiva protestos
“A África do Sul interroga-se como foi possívela morte de 94 pessoas, todas elas doentes do foro mental, em situações que revelam negligência. O relatório elaborado e concluído na segunda-feira passada pelo professor Malegapuru Makgoba, classificou esta situação de “pura imprudência” .A transferência de pacientes da Casa Life Esidemeni (Estado) para ONGs, não registadas e dadas como não seguras, sem pessoal qualificado, com capacidade esgotada e falta de aquecimento e outros equipamentos, é referida no relatório como uma das razões das mortes.”
http://www.dnoticias.pt/mundo/morte-de-94-doentes-mentais-motiva-protestos-na-africa-do-sul-KD849815

 

CHIFRE AFRICANO
17 milhões de pessoas ameaçadas de fome no Chifre Africano
“O Chifre da África recebeu apenas um quarto do volume de chuvas esperado e a seca está a espalhar-se pelos países da região, diz a FAO.A Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação chama a atenção para a fome no Djibouti, na Eritreia, Etiópia, Quénia, Somália, Sudão, Sudão do Sul e Uganda. As pessoas a viver nesses países necessitam com urgência de assistência humanitária. A FAO calcula que 17 milhões de civis estão a sofrer com a emergência de insegurança alimentar, ou seja, não têm o suficiente para comer.”
http://www.expressodasilhas.sapo.cv/mundo/item/51878-17-milhoes-de-pessoas-em-risco-de-fome-no-corno-de-africa

 

NÍGER
Milhares protestam contra o regime
“Em resposta ao apelo de várias organizações da sociedade civil, professores, alunos, funcionários municipais e comerciantes percorreram as ruas de Niamey, este sábado (04.04), em protesto contra o regime do Presidente Mahamadou Issoufou. No final da marcha, reuniram-se frente ao Parlamento gritando, na língua local, que “a vida é muito difícil” no país. Os manifestnates protestaram ainda contra a presença de bases militares da França, Estados Unidos e Alemanha, que oficialmente se dedicam à luta contra o terrorismo no Mali e na Líbia. Situado na regão do Sahel, o Níger é um país quase totalmente desértico, dos mais pobres do mundo. A sua economia é afetada pela queda, nos mercados internacionais, do preço do petóleo (que modestamente produz desde 2011) e do preço do urânio (grande produtor mundial).”
http://www.dw.com/pt-002/n%C3%ADger-milhares-de-pessoas-protestam-contra-o-regime/a-37415348

 

MARROCOS
Após décadas de auto-exílio, Marrocos regressa à União Africana
“Oss chefes de Estado da União Africana (UA) decidiram nesta segunda-feira reintegrar o Marrocos, que havia deixado o corpo continental em 1984 para marcar o seu desacordo sobre a questão do Saara Ocidental, informaram vários presidentes africanos reunidos em Addis Abeba. O Reino de Marrocos deixou a UA em 1984 para protestar contra a admissão da República Árabe Saharaui Democrática proclamada pela Frente Polisário no Saara Ocidental, um território que Rabat considera seu. Agora, 12 países, incluindo Nigéria, Argélia, África do Sul, Quênia e Angola, tentaram impedir a readmissão por motivos legais, dizendo que Marrocos “ocupa parte território de um Estado-membro”, em referência ao Sahara Ocidental.”
http://istoe.com.br/uniao-africana-reintegra-o-marrocos/

 

ÁSIA e OCEANIA

 

MYANMAR
“Mortes e violações de Rohingya em massa” no Myanmar, diz ONU
“Assassinatos e violações em massa de gente Rohingya, comunidade muçulmana do Myanmar, país de maioria budista. Publicado esta sexta-feira, o relatório do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos é claro: os crimes cometidos pelas forças armadas do Myanmar são crimes contra a humanidade e são possivelmente “limpeza étnica”. “As operações militares resultaram em centenas de mortos”, refere o documento em referência à resposta aos ataques a bases militares em outubro por grupos rebeldes. O governo do Myanmar, liderado pelo prêmio Nobel da Paz, Aung San Suu Kyi, nega as acusações.”
http://pt.euronews.com/2017/02/03/mortes-e-violaces-de-rohingya-em-massa-no-myanmar-diz-onu

 

PAQUISTÃO
Oito anos depois, Paquistão prende líder religioso acusado de terrorismo na Índia e filmes indianos são liberados;
“Hafiz Muhammad Saeed, acusado pela Índia de ter planeado os atentados de Bombaím de 2008, foi colocado em prisão domiciliária, em Lahore. Os seus apoiantes acusam o Governo paquistanês de querer mostrar trabalho ao novo Presidente dos EUA, poucos dias após o polémico decreto que proíbe a entrada no país de cidadãos de sete países muçulmanos”
http://expresso.sapo.pt/internacional/2017-01-31-Detencao-importante-no-Paquistao.-Efeito-Trump-

 

“Os cinemas interromperam a exibição em setembro de 2016, depois do aumento de tensão entre os países na disputa pela região de Kashmir, controlada em parte pelos dois. A Associação Cinematográfica de Produtores da Índia fez o primeiro movimento, impedindo que artistas do Paquistão trabalhassem em produções de Bollywood, indústria do cinema hindu. O banimento dos filmes veio como represália pelo outro lado, através de decisão tomada pela Autoridade Regulatória da Mídia Eletrônica do Paquistão.”
http://oglobo.globo.com/cultura/filmes/paquistao-decreta-fim-do-veto-filmes-indianos-20855873#ixzz4XkQneWFg

 

Paquistão nega documentos a família de médico que ajudou a buscar Bin Laden
“As autoridades do Paquistão negaram a emissão de documentos de identidade aos familiares do médico Shakil Afridi, preso depois de ajudar a Agência Central de Inteligência (CIA) dos Estados Unidos a procurar Osama bin Laden, o que os impede de votar, viajar e ainda cria outras dificuldades, como realizar matrículas em escolas e universidades do país. O ministro da Justiça do Paquistão, Zahid Hamid, garantiu recentemente no Senado que o país não libertará nem entregará o médico aos Estados Unidos. A situação de Afridi voltou a ser debatida depois de o presidente dos EUA, Donald Trump, ter afirmado durante a campanha eleitoral que conseguiria a libertação do médico em dois minutos se fosse eleito.”
https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/efe/2017/02/02/paquistao-nega-documentos-a-familia-de-medico-que-ajudou-a-buscar-bin-laden.htm

 

ÍNDIA
Índia apresenta orçamento para recuperação econômica e para ajudar os mais pobres
“A Índia apresentou nesta quarta-feira (1º) um orçamento para ajudar os pobres com aumentos nos gastos do governo e cortes nos impostos, conforme o primeiro-ministro, Narendra Modi, tenta recuperar a simpatia dos eleitores afetados pela sua recente repressão ao “dinheiro sujo”. O ministro das Finanças, Arun Jaitley, anunciou aumentos nos gastos com áreas rurais, infraestrutura e combate à pobreza, procurando assegurar aos parlamentares e ao país que o impacto econômico da desmonetização do governo terminará em breve.”
http://g1.globo.com/economia/noticia/india-apresenta-orcamento-para-recuperacao-economica-e-para-ajudar-os-mais-pobres.ghtml

 

NEPAL
Centenas de refugiados são barrados no Nepal por decreto de Trump
“Centenas de butaneses que viajariam para os Estados Unidos dentro de um programa de realocação de refugiados ficaram em um limbo no Nepal após a decisão do governo de Trump de suspender a chegada dessas pessoas. O ativista Bhumpa Rei, defensor dos direitos dos refugiados butaneses, disse que cerca de mil pessoas esperam a viagem para os EUA, alguns deles com complicações médicas. No total, há 11.185 refugiados do país em acampamentos do Nepal.
Cerca de 105 mil butaneses, a maior parte deles da etnia lhotshampa, fugiram na década de 1990 para o Nepal para fugir do governo do Butão. Em 1992, a Acnur assumiu a responsabilidade sobre a comunidade diante da negativa das autoridades butanesas de aceitarem sua readmissão. Em 2008, em colaboração com a OIM, a ONU iniciou um programa de realocação em oito países diferentes.”
http://g1.globo.com/mundo/noticia/centenas-de-refugiados-sao-barrados-no-nepal-pelo-decreto-de-trump.ghtml

 

INDONÉSIA
Estudantes protestam contra Trump em Jacarta
“Dezenas de estudantes e ativistas de direitos humanos protagonizaram uma importante jornada contra as políticas migratórias de Trump.Concentrados em frente à embaixada americana em Jacarta, os manifestantes rechaçaram as políticas racistas e xenofóbicas de Trump e exigiram a imediata revogação de seu decreto”.
(em espanhol) http://www.hispantv.com/noticias/asia-y-oceania/332234/protestas-veto-trump-prohibicion-entrada-musulmanes-eeuu

 

FILIPINAS
Duterte encerra negociações de paz com rebeldes
“O presidente das Filipinas anunciou o fim da trégua com os líderes guerrilheiros, que seguem a ideologia do ex-líder comunista Mao Tse-tung. Os que foram libertados devem se apresentar novamente às cadeias onde estavam ou serão presos mesmo se estiverem no exterior. Duterte também disse que os negociadores do governo foram instruídos a congelar completamente as conversações de paz e completou declarando que “a paz com os rebeldes não pode vir nesta geração”. Tropas filipinas foram orientadas a se prepararem para novos combates, encerrando o cessar-fogo que já durava seis meses.”
https://br.sputniknews.com/asia_oceania/201702047596795-duterte-maioistas-rebeldes-paz/

 

AUSTRÁLIA
Trump interrompe conversa com primeiro-ministro australiano após divergência
“O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, interrompeu abruptamente uma ligação telefônica após uma conversa tensa com o primeiro-ministro australiano na semana passada, informou o “Washington Post”. Segundo o jornal, o chefe da Casa Branca desligou o telefone com Malcolm Turnbull depois de exaltar sua vitória nas eleições de novembro e criticar um acordo para realocar refugiados. O pacto havia sido acertado entre o governo australiano e o ex-presidente americano Barack Obama. A Austrália é um dos aliados mais próximos dos Estados Unidos, e um dos chamados “cinco olhos” com quem Washington divide informações sensíveis.”
http://oglobo.globo.com/mundo/apos-bate-boca-trump-desliga-ligacao-com-premier-da-australia-20861063

 

Primeiro-ministro da Austrália acusado de “comprar” eleições
“O primeiro-ministro australiano, Malcolm Turnbull, foi acusado nesta quinta-feira (2) de ter “comprado” sua vitória eleitoral do ano passado, depois que admitiu ter doado pessoalmente mais de um milhão de euros para financiar a campanha do Partido Liberal.Qualquer doação superior a 13.000 dólares australianos (R$ 31 mil) deve ser declarada. O pagamento de Turnbull não estava nos dados publicados esta semana pela Comissão Eleitoral australiana sobre o exercício encerrado em 30 de junho. A pressão sobre Turnbull cresceu consideravelmente para que ele se pronunciasse sobre o tema.”
http://g1.globo.com/mundo/noticia/primeiro-ministro-australiano-acusado-de-comprar-as-eleicoes.ghtml

 

Decreto xenofóbico de Trump provoca manifestações na Austrália
“Milhares de manifestantes reuniram-se neste sábado na Austrália para protestar contra a ordem imigratória de Trump que que barrou temporariamente refugiados e cidadãos de sete países e exigir o fim da detenção de pessoas em busca de asilo. Os laços da Austrália com os Estados Unidos ficaram tensos na quinta-feira, quando surgiram detalhes da ligação telefônica entre Trump e o primeiro-ministro Malcolm Turnbull, na qual Trump disse que um acordo entre as duas nações para o reassentamento de refugiados era “idiota.”
http://extra.globo.com/noticias/mundo/ordem-de-trump-sobre-refugiados-causa-protestos-na-australia-20875015.html#ixzz4XkVOoUvB

 

COREIA DO NORTE
EUA ameaçam Coreia do Norte, caso país faça qualquer uso de armas nucleares
“O novo chefe das forças armadas norte-americanas avisou esta quinta-feira que “qualquer uso de armas nucleares” pela Coreia do Norte vai obter uma resposta “efetiva e esmagadora” por parte da administração Trump. O aviso foi feito pelo general James Mattis, novo secretário da Defesa dos EUA, numa visita oficial a Seul, onde reafirmou o apoio norte-americano ao aliado antes de partir para a capital japonesa. Na mesma visita, Mattis também confirmou que planeia instalar na Coreia do Sul um sistema de defesa antimísseis até ao final deste ano.”
http://expresso.sapo.pt/internacional/2017-02-03-EUA-vao-dar-resposta-efetiva-e-esmagadora-a-qualquer-uso-de-armas-nucleares-pela-Coreia-do-Norte

 

COREIA DO SUL
Bem avaliado nas pesquisas, Ban Ki-moon desiste de corrida presidencial
“O ex-secretário-geral da ONU Ban Ki-moon anunciou nesta quarta-feira (1) que não será candidato nas eleições presidenciais que acontecerão ainda neste ano na Coreia do Sul.
“Me dou por vencido em minhas aspirações”, disse Ban, que era o segundo candidato melhor avaliado nas pesquisas para ser o novo presidente, atrás apenas de Moon Jae-in, ex-líder do principal bloco opositor, o Partido Democrático. Diferentes partidos criticaram sua possível candidatura, enquanto veículos de imprensa acusaram Ban de receber um suborno quando era ministro das Relações Exteriores na década passada. Além disso, vincularam seu irmão e seu sobrinho em um caso de corrupção. A Coreia do Sul atravessa uma grave crise política após a descoberta do escândalo de corrupção envolvendo uma amiga íntima da presidente afastada Park Geun-hye.”
http://g1.globo.com/mundo/noticia/ban-ki-moon-descarta-ser-candidato-a-presidente-na-coreia-do-sul.ghtml

 

JAPÃO
Tóquio prepara pacote para Trump com promessa de criar 700 mil empregos nos EUA
“O Japão está preparando um pacote que diz poder gerar 700 mil empregos nos Estados Unidos e ajudar a criar um mercado de 450 bilhões de dólares para apresentar ao presidente norte-americano, Donald Trump, na semana que vem, disseram fontes do governo japonês a par dos planos.
O pacote de cinco partes, que será revelado quando o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, visitar Trump em 10 de fevereiro em Washington, prevê investimentos em projetos de infraestrutura, como trens de alta velocidade, e cibersegurança, relataram as fontes, que não quiseram se identificar por não terem autorização para falar com a mídia.”
http://extra.globo.com/noticias/economia/japao-prepara-pacote-para-trump-com-promessa-de-criar-700-mil-empregos-nos-eua-20867972.html#ixzz4XkY7g400

 

TAIWAN
Proibição do sacrifício de animais irá entrar em vigor em Taiwan
“A partir DE 4 de fevereiro de 2017, se tornará ilegal sacrificar animais abandonados em Taiwan. Além disso, os abrigos irão receber um aumento de 40% em seus orçamentos e todos que desejarem abandonar seus cachorros em abrigos terão que pagar uma taxa de cerca de 125 dólares.

 

O governo de Taiwan também prometeu oferecer apoio psicológico para os funcionários que trabalham nos abrigos, coisa que não existia quando Chien ainda estava viva.”
http://portaldodog.com.br/cachorros/noticias/proibicao-do-sacrificio-de-animais-ira-entrar-em-vigor-em-taiwan/

Veja também