|
56322977_303

A bancada federal do PSOL enviou carta ao embaixador da Rússia no Brasil, Alexey Labetskiy, questionando a perseguição dos ativistas russos e contra a prisão de Anastasia Ponkina e Matvey Aleksandrov, parte da escalada autoritária neste país. A carta, que foi parte de uma ação internacional de parlamentares de esquerda em defesa dos militantes pacíficos, segue abaixo:

Ofício Nº 31/2021
Brasília, 06 de abril de 2021

A Sua Excelência o Senhor
Alexey Kazimirovitch Labetskiy
Embaixador da Federação da Rússia

Assunto: Casos criminais contra os ativistas de esquerda Anastasia Ponkina e
Matvey Aleksandrov

Senhor Embaixador,


Nós, deputadas e deputados federais do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), viemos demonstrar nossa grande preocupação sobre casos criminais contra os ativistas de esquerda Anastasia Ponkina, em Izhevsk, e Matvey
Aleksandrov, em Moscou, dos quais tomamos conhecimento. Fomos informados que Matvey Aleksandrov e Anastasia Ponkina, jovens estudantes e trabalhadores, estão sendo acusados de participar de protestos pacíficos, nacionalmente organizados, em 23 de janeiro deste ano. Matvey foi preso e ao ser libertado foi imediatamente detido e reenviado para a prisão por mais 15 dias, sob o mesmo artigo. Anastasia, por sua vez, está enfrentando a possibilidade de ser sentenciada a até 5 anos de prisão, punições cruéis e incompatíveis com o exercício da liberdade política. Como representantes da esquerda no Brasil, estamos muito preocupados com a crescente prática de processo criminal de ativistas de esquerda na Federação da Rússia, e pedimos-lhe que transmita a seu governo esta preocupação.

Atenciosamente,
Talíria Petrone – Líder do PSOL
Áurea Carolina- PSOL – MG
David Miranda – PSOL – RJ
Fernanda Melchionna – PSOL – RS
Glauber Braga – PSOL – RJ
Ivan Valente – PSOL – SP
Luiza Erundina – PSOL – SP
Marcelo Freixo – PSOL – RJ
Sâmia Bomfim – SOL – SP
Vivi Reis – PSOL – PA

Veja também