|
103408317_116148823463862_6286786494204744129_n

Via International Viewpoint

O Partidos dos Trabalhadores Jammu Kashmir Awami (JKAWP) apela para levantar vozes em prol da segurança do ativista político, defensor dos direitos humanos Shah Nawaz Ali Sher, preso pelas autoridades em Jammu Kashmir, ocupada pelo Paquistão.

O organizador central do (JKAWP), camarada Shah Nawaz Ali Sher, foi preso no distrito de Nakyal, no Paquistão, ocupado por Azad Kashmir, em 17 de maio de 2021. Ele foi pego pela polícia fora das dependências do tribunal onde tinha ido para pedir fiança antes da prisão. A polícia local havia registrado um Primeiro Relatório de Informações (FIR) contra ele em conformidade com um pedido do comissário assistente Nakyal Muhmmad Umer Farooq, sob falsas acusações de incitar ao ódio entre as massas.

Um caso policial registrado contra ele em 5 de maio alegou que ele desacreditou o trabalho da administração e interferiu em seu trabalho através da mídia social e de campanhas políticas contra eles.

O camarada preso, Shahnwas Sher, é um jovem defensor e ativista da mídia social que se pronuncia incessantemente contra a má prática da administração local e a injustiça para com o público comum e a classe trabalhadora. Shahnawaz tem sido crítico das políticas do establishment paquistanês e das agências de inteligência governando Azad Kashmir como sua colônia. Ele defendeu os direitos dos povos originários e defendeu um Jammu Kashmir livre e independente em solidariedade e apoio da classe trabalhadora internacional e do movimento popular.

Após o registro do FIR, a polícia invadiu sua casa e tentou prendê-lo, molestando seus familiares. Ele conseguiu se salvar da prisão durante o feriado do Eid com a ajuda dos camaradas locais da JKAWP. O estado queria prendê-lo e torturá-lo durante o feriado, pois os tribunais locais estavam fechados e ninguém poderia apelar aos tribunais.

Esta é a prática normal em Jammu Kashmir, controlada pelo Paquistão, de prender o povo antes que eles possam apelar do tribunal. Esta prática é totalmente contra os direitos humanos fundamentais da pessoa presa e o sistema judicial existente.

No dia 17 de maio, ele estava a caminho do tribunal local para pedir fiança antes da prisão, mas antes que pudesse chegar ao tribunal, foi preso no local, o que é contra as normas do sistema de justiça e o mesmo tratamento dado aos criminosos hediondos. Seu direito à fiança pré-prisão e à segurança para se defender foi violentamente arrancado. Ele agora está sendo torturado, pressionado e assediado sob custódia policial, de acordo com os relatórios.

O camarada Shah Nawaz Ali Sher é um dos principais líderes do JKAWP. Condenamos fortemente as acusações falsas e fabricadas contra ele pelo Estado. O JKAWP está orgulhoso de sua luta revolucionária pelos direitos do povo oprimido e da classe trabalhadora.

O JKAMP acredita firmemente que a unidade da classe trabalhadora local e internacional é a única maneira de lutar contra a injustiça da estrutura e do sistema capitalista brutal do Estado.

O camarada Shah Nawaz Ali Sher tem sido parte da luta internacional pela emancipação da classe trabalhadora. Ele participou da escola internacional de justiça global Manila, organizada pelo Instituto Internacional de Pesquisa e Educação (IIRE).

Precisamos de seu apoio e solidariedade para a libertação e segurança de nosso camarada, a unidade internacional e a solidariedade é a única maneira de conter o Paquistão e sua administração colonial contra sua brutalidade e opressão.

18 de maio de 2021

Por favor, escreva para:

  1. Secretariado do Primeiro Ministro Azad Jammu e Kashmir Muzaffarabad, 2
    Casa de Caxemira Islamabad. +92(582)-2921302. pm@pmajk.gov.pk.
  2. Secretário Chefe AJK + 92(582)-2921034 E-mail csajk@gmail.com.
  3. Inspetor Geral da Polícia Azad Kashmir +92(582)-2930812 E-mail info@ajk.gov.pak

Apelando por:

Nisar Shah Advocate,

Jammu Kashmir Awami Workers Party

Envie um e-mail para jkashmirawp@gmail.com,

0092-3002147960

Veja também