|
182017601_336491801301037_8693985135440658005_n-1

Via Revista Movimento

Na madrugada deste sábado, 19, a Frente Nacional de Luta Campo e Cidade voltou a ocupar duas grandes áreas no oeste paulista. No município de Marabá Paulista, cerca de 120 famílias ocupam uma fazenda floresta de 1.730 hectares. Já na cidade de Caiuá, na região conhecida como Santa Maria, 80 famílias ocupam uma área de 1.800 hectares.

As duas mobilizações da FNL acontecem em áreas reconhecidas como públicas pela Justiça, portanto, se caracterizam como regiões que não cumprem a função social que a terra deve ter. A reforma agrária está paralisada por Bolsonaro e sua base aliada, mas a FNL segue resistindo ao governo genocida. A partir da ocupação sustentável do espaço no campo, a FNL luta para fazer valer o direito à terra, à moradia e ao sustento com dignidade para centenas de famílias.

Veja também